Mamoplastia- Cirurgia da mama

Vídeo explicativo

Folder informativo


Considerações Gerais

A mamoplastia redutora é a redução de volume mamário.
Mastopexia é a eliminação do excesso de pele quando esta apresenta flacidez importante, sem redução de volume.
A incidência de câncer de mama é menor nas pessoas que são operadas para redução de mama, ou seja, a incidência de câncer de mama, em pacientes que fazem plástica de mama, é menor que nas pessoas não operadas. É menor porque, com a remoção de parte do tecido mamário retira-se, conseqüentemente , partes em que poderia se instalar, ou até mesmo já estar instalado, o câncer, reduzindo-se pois suas  probabilidades.

 

DETALHES TÉCNICOS

Cicatriz
Procura-se sempre empregar cicatrizes pequenas, porém estas estão relacionadas com o volume a ser retirado e a flacidez existente.
As cicatrizes podem ser em “L”, “T” invertido ou periareolar, dependendo do caso.

Com os cuidados pós-operatórios procuram-se cicatrizes de boa qualidade, uma vez que serão definitivas. Porém, não se pode prever exatamente como vão resultar, uma vez que dependem também de fatores individuais. Elas passam, também, por um processo evolutivo onde no início apresentam-se mais avermelhadas e endurecidas e depois tornam-se mais delgadas e pálidas. Este processo é lento e pode durar vários meses.

Amamentação

As técnicas geralmente empregadas não inviabilizam a amamentação posterior (exceto em mamas gigantes, nas quais seja necessário emprego de técnica não habitual).

Anestesia
A técnica a ser ministrada será discutida na avaliação pré-anestésica.
Idade
Mínima: a cirurgia pode ser realizada uma vez que o crescimento mamário tenha terminado.
Não há limite máximo de idade.
Gravidez
Pelo menos 6 (seis) meses após o término da amamentação e preferencialmente 1 ano  após o término da amamentação.

 

PRÉ-OPERATÓRIO

Exames de mamografia e ultrassonografia das mamas poderão ser solicitados de acordo com a necessidade de cada caso.
Não tomar nenhuma medicação que contenha ácido acetil salicílico (AAS, Rhonal, Buferin, Aspirina, etc.) 10 dias antes da cirurgia, porque aumenta o sangramento.
Medicação para emagrecer deve ser suspensa 15 (quinze) dia antes da cirurgia.
Medicação para hipertensão e outras doenças, deve ser informada ao cirurgião para posterior orientação.
Não fumar durante 30 dias antes e 30 dias após a cirurgia.
Parar com anticoncepcional ou reposição hormonal 30 dias antes da cirurgia.

 

PÓS-OPERATÓRIO

Internação

Geralmente 24 horas de internação.

Banho
Banho de chuveiro 24 horas após.

Retirada de pontos
Os pontos serão retirados em etapas entre o 15º e 21º dia.

Cuidados

Deitar-se somente de costas (barriga para cima), podendo ficar ligeiramente de lado, após a primeira semana de pós operatório.
Procurar usar roupas abertas na frente.
Não elevar os braços acima de 90º ( linha dos ombros), rigorosamente por um mês.
Não erguer peso rigorosamente por 2 meses (tudo que tiver mais de cinco quilos 5 Kg).
Não dirigir rigorosamente por 45 dias.
Usar soutien (dia e noite) por 3 meses.
Ginástica e natação só após 3 meses.
Vida sexual com moderação, após 30 dias.

 

Sol 
Direto, sobre a cicatriz, somente após dois meses.
Indireto, sob roupa de banho, após um mês.
Em ambos casos utilizar Protetor solar FPS 30
 
Forma
A forma inicial das mamas sofre alteração, ocorrendo uma discreta “queda” dando a forma natural de gota.
Pode acontecer alteração da sensibilidade para mais ou para menos, a qual deverá ser transitória.
A forma final estará relacionada com o tipo de pele e consistência prévia das mamas.
Toda cirurgia apresenta um período próprio de recuperação. Dê tempo ao tempo que seu organismo se encarregará de dissipar todos estes pequenos transtornos.

 

RESULTADO FINAL

Considerado após 6 meses a 1 ano da cirurgia.
Nesta época procede-se a uma reavaliação e se for necessário algum retoque, este deverá ser realizado após o período de 1 ano da cirurgia.
Deverá ser realizada foto pós-operatória após 6 meses da cirurgia.
Qualquer dúvida contate sempre nossa equipe.

Sociedade Brasileira de Cirurgia PlásticaFMBUPMCNew York UniversitySBACVUniversidade Estadual de LondrinaColégio Brasileiro de Cirurgiões